Mindfulness para trazer mais bem-estar nas relações de mães e filhos(as)

  • Autor: Eduardo Farah
  • 11/05/2016

 

Não existe nada mais especial e impactante na vida do que a relação entre a mãe e os filhos/as, desde antes do nascimento até depois da morte. São inúmeras situações profundas e significativas, tanto positivas como negativas, que marcam a vida de todos. 

Muitas vezes, estas marcas (particularmente as negativas) e a nossa falta de atenção impedem que vivamos plenamente esta relação, ou seja, que aproveitemos bem, presentes de corpo e alma, os momentos juntos, os encontros. Isto vale tanto para um lado (a mãe) como para o outro (os filhos/as). Por isso Mindfulness é uma ferramenta que ajuda bastante nesta relação.

Mindfulness significa estar com sua atenção plena, sem julgamento, presente e aberto para o novo. É estar na presença do outro sem deixar a sua atenção se perder em pensamentos, ligados ao que já aconteceu (passado) e ao que você imagina que vai acontecer (futuro). É ouvir cada palavra como se fosse nova, sem acionar os circuitos de autopreservação presentes no nosso cérebro, que interpretam os outros como ameaças e nos fazer responder de forma defensiva aos seus estímulos. Esta é uma ferramenta disponível a todos e independe da ação do outro.

E, se individualmente Mindfulness é bastante poderoso, o seu uso combinado pelas duas partes (mãe e filhos/as) pode elevar os patamares da relação, trazendo muitos mais momentos agradáveis e de bem-estar, o que alimenta o ciclo virtuoso, tornando-a cada vez mais positiva e desejada.

Infelizmente, no dia a dia acabamos subvalorizando estes encontros e perdendo parte do néctar que a vida proporciona. Este entendimento muitas vezes vem junto com uma carga de arrependimento quando já não temos mais a oportunidade de ter estes encontros nesta vida. Por outro lado, mesmo quando queremos aproveitar mais estes momentos, temos às vezes dificuldade de entender o que acontece, de como melhorá-los, do que está faltando.
As marcas geram sentimentos, pensamentos e crenças que ficam plasmados na nossa psique, influenciando diretamente os nossos comportamentos, conscientes e inconscientes. A pesquisa, entendimento e transformação destas marcas e suas consequências é uma tarefa normalmente bastante trabalhosa, que exige suporte (quase sempre profissional), força de vontade e paciência. Entretanto, Mindfulness pode ser usado agora, imediatamente, para melhorar a relação e, ao mesmo tempo, também dá suporte para esta transformação.

Como sempre, o entendimento de Mindfulness é apenas o primeiro passo, pois ele é algo que precisa ser vivido e praticado. Assim, fica aqui uma sugestão. Estude e pratique Mindfulness. Convide a sua mãe ou filho/a também para entender e praticar (sem esquecer de respeitar se esse não for o interesse dele/a no momento). Faça a sua parte e aproveite mais. 

Viva as mães! Viva os filhos! Viva esta relação!

 

 

 

 

ENGLISH   |   ESPAÑOL   |   PORTUGUÊS